FACULDADE ARTHUR SÁ EARP NETO - FACULDADE DE MEDICINA DE PETRÓPOLIS
Estudo do impacto em saúde humana devido à cont...

COPPEx
FMP/FASE

Compartilhar
Informações

inscrições até:

30/04/2015

período:

13/04/2015 a 30/04/2015

objetivo

O trabalho agrícola é uma das mais perigosas ocupações na atualidade. Dentre os vários riscos ocupacionais, destacam-se os agrotóxicos que são relacionados a intoxicações agudas, doenças crônicas, problemas reprodutivos e danos ambientais. Dados recentes da Organização Internacional do Trabalho/ Organização Mundial da Saúde (OIT/OMS) estimam que, entre trabalhadores de países em desenvolvimento, com o Brasil, os agrotóxicos causam anualmente 70 mil intoxicações agudas e crônicas que evoluem para óbito. Os agrotóxicos podem determinar efeitos sobre a saúde humana, dependendo da forma e tempo de exposição e do tipo de produto com sua toxicidade específica. Os agrotóxicos que mais causam preocupação em termos de saúde humana são os inseticidas organofosforados e carbamatos, os piretróides e os organoclorados, os fungicidas ditiocarbamatos e os herbicidas fenoxiacéticos (2,4 D), glifosato e paraquat. Desta forma, este trabalho tem como objetivo estudar o impacto na saúde humana devido ao uso destas classes de agrotóxico, avaliando o grau de contaminação dos trabalhadores, da população e do ambiente.

público-alvo

a) estar matriculado regularmente nos Cursos de Medicina, Enfermagem ou Nutrição
b) ter cursado o 30 período dos respectivos cursos;
c) ter Coeficiente de Rendimento acadêmico igual ou superior a 7,0;
d) não estar cursando qualquer dependência;
e) não ter cometido infração disciplinar;
f) ter disponibilidade para o exercício da função, sem interferência em suas atividades curriculares regulares de no mínimo 8 horas semanais.

professor responsável

Lilian Terezinha Costa e João Miranda